©2018 por pedroterrajr. artedigital

Buscar
  • Baldoino Advogados

Comprei um imóvel com dívida de condomínio, sou responsável pelo pagamento?

A taxa de condomínio é uma obrigação imposta a todos os condôminos, com a finalidade que estes concorram com as despesas oriundas do bem comum.

Na convenção de condomínio é que devem estar previstas a quantia, a forma e o prazo de pagamento da taxa condominial, além de eventuais sanções e multas pelo atraso ou inadimplência.

O Código Civil também estabelece a necessidade de contribuição do condômino para as despesas comuns, na proporção de sua fração ideal, ou seja, o pagamento da taxa condominial não se trata de uma opção para os condôminos e sim de uma obrigação.

Neste sentido, cabe esclarecer que a dívida condominial tem natureza propter rem, que significa dizer “em razão da coisa”, assim, a dívida de condomínio segue com o imóvel ainda que haja transmissão a qualquer título deste.

Em outras palavras, a despesa condominial é uma obrigação do próprio imóvel, acompanhando o bem em si e não o seu proprietário.

Desta forma, independente que quem era o dono do imóvel no período em que a dívida de condomínio foi constituída, aquele que adquirir o imóvel ficará sim responsável pelo adimplemento dos débitos eventualmente existentes.

Também é importante alertar que a dívida condominial acarreta diversos prejuízos aos proprietários.

Um deles é a perda do direito de voto e participação nas assembleias de condomínio. Outro prejuízo é que, considerando a natureza propter rem já mencionada, a dívida condominial poderá ser paga através de penhora e leilão do bem imóvel, ainda que este seja o único bem residencial da família!

Dadas as graves consequências do inadimplemento da taxa de condomínio é prudente sempre que se for adquirir um imóvel buscar assessoramento profissional e avaliar os documentos relativos ao imóvel, verificando eventual existência de dívidas pois ao comprar um imóvel com dívida condominial o adquirente se tornará responsável por ela.


8 visualizações